Obras selecionadas

  • Todas
  • Arte Digital
  • Escultura
  • Pintura

Curadores

foto-1@3x

Jacob Klintowitz

Coordenador da Comissão Curadora

Jornalista, crítico e editor de arte, Jacob Klintowitz é autor de 177 livros sobre arte, arte brasileira, monografias e livros de artistas, e ficção. É o autor do livro de contos “Portão dourado”, tendo participado de outras antologias de contos. Também escreveu cerca de 3.000 artigos e colunas. Ganhou duas vezes o “Prêmio Gonzaga
Duque” da Associação Brasileira de Críticos de Arte-ABCA, por sua atuação crítica. E duas vezes foi homenageado pela ABCA, por sua intensa ação cultural.

foto-4@3x

Rinaldo Morelli

Rinaldo Morelli é produtor cultural e curador independente, já participou de mais de 58 exposições coletivas e individuais, no Brasil e no exterior. Possui trabalhos
nas coleções e acervos de Joaquim Paiva/MAM-RJ e Galeria A Casa da Luz Vermelha (Brasília-DF). Além de atuar como jurado e curador em inúmeros prêmios e bienais, também atuou como professor de Introdução à Fotografia na Universidade de Brasília (Unb) e foi membro do Conselho Curador de Cultura da Câmara
Legislativa do Distrito Federal entre 2013 e 2017.

foto-4

Maurício da Silva Matta

Arquiteto carioca, formado e pós-graduado em Brasília, Maurício colaborou com grandes nomes, tais como Oscar Niemeyer, Athos Bulcão, Marianne Peretti e Glênio Bianchetti. Participou da curadoria de exposições promovidas pelo Espaço Cultural da Câmara, além de documentários e programas sobre nossa cidade. Foi membro da Diretoria do Instituto de Arquitetos do Brasil IAB-DF de 1988 a 1999, quando aconteceu o concurso da terceira ponte do Lago Sul. Também foi membro da Comissão Curadora da Bienal de Artes do SESC-DF, em 2016.

Mensagem do presidente

“A Bienal das Artes se constitui em um novo marco das ações culturais do Sesc. É uma proposta instigante, provocadora e enriquecedora por criar um espaço nobre de atuação, interação, intercâmbio e de promoção de artistas e de diferentes expressões das artes visuais. Abre um novo canal de diálogo entre artistas, apreciadores das artes plásticas e dá oportunidade aos cidadãos de conhecer o movimento artístico contemporâneo.” – Adelmir Santana

Mensagem do diretor

“É inegável a importância de reunir diferentes expressões das  artes visuais. O Sesc-DF é uma instituição que busca constantemente estimular a classe artística e o surgimento de novos talentos. Acredito que a Bienal das Artes seja um projeto inovador nesse sentido. Com essa iniciativa temos a oportunidade conhecer as novas e marcantes tendências do universo artístico contemporâneo.” – José Roberto Sfair Macedo